No carnaval paulistano, a escola de samba Império de Casa Verde invadiu o Anhembi contando a história da visão

Grandes tigres abriam o desfile da Império de Casa Verde

Com o samba-enredo “Na ótica do meu Império, o foco é você”, a escola Império de Casa Verde mostrou, na primeira noite de desfiles do Anhembi, toda a história dos óculos, lentes e tecnologia que ajudam a enxergar.

A pintura de Lívia Andrade levou cerca de 5 horas para ser finalizada

A escola trouxe para a avenida grandes carros alegóricos – alguns deles contavam com a exibição de inúmeros equilibristas – e belas musas para completar o espetáculo. Lívia Andrade estava “trajando” um pintura que levou cerca de cinco horas para ser finalizada.

A escola mostrou toda a história envolvendo a descoberta do vidro e invenção dos óculos

Iniciando a história pela descoberta do vidro e chegando até o uso dos óculos como um acessório fashion, o carnavalesco polonês Roberto Szaniecki deixou claro que contar uma boa história na avenida não é talento exclusivo dos brasileiros.