Embora a conjuntivite seja uma doença conhecida de quase todos nós, é preciso tomar alguns cuidados para que ela fique bem longe da gente e sob controle .

Ela é uma inflamação na conjuntiva, que é toda a região branca do nosso olho, e pode ser alérgica, infecciosa e tóxica.

conjuntivite

A alérgica acontece mais em pessoas que costumam ter reações alérgicas, mas ninguém está livre. Apesar de não ser contagiosa é importante saber qual o agente que está causando-a, para eliminar o problema.

A infecciosa é contagiosa e é causada por bactérias e vírus. Nesse caso, a pessoa pegou a doença por contato direto com a pessoa que tinha a doença ou por objetos e lugares que foram contaminados.

Já a conjuntivite tóxica acontece após o contato com produtos de maquiagem, principalmente lápis de olho e rímel, produtos de limpeza, tintas de cabelo etc. Também acontece pelo contato com o bico dosador do colírio nos olhos e pela poluição das grandes cidades.

Algumas pessoas que têm conjuntivite relatam fotofobia, que é um grande incômodo com a claridade. Outros sintomas são secreção nos olhos, olhos vermelhos, ardor e coceira.

fotofobia1

Algumas dicas:

– Lavar as mãos é a principal prevenção. Habitue-se a carregar um pequeno frasco de álcool gel com você. Caso esteja em algum local que não possa lavar as mãos, esfregue álcool gel nas mãos.

– Se sentir vontade de coçar os olhos, pegue um lenço de papel e passe levemente nos olhos para quebrar a sensação. Evite levar suas mãos aos olhos.

– Não compartilhe colírios e maquiagens para os olhos. O bico dosador do colírio quando enconstado nos olhos é um grande transmissor da doença.

– Caso use lentes de contato, deixe de usar até que seus olhos estejam curados, além disso, higienize-as muito bem.

Caso você tenha qualquer um desses sintomas ou incômodos, e durem mais de um dia, procure um oftalmologista.