No Dia Nacional de Combate ao Fumo (29/08), os riscos provocados pelo vício são colocados em evidência mais do que nunca, no intuito de alertar a população sobre as consequências do cigarro. Entre tantos prejuízos provocados ao corpo do fumante, um deles ainda não consta entre as advertências impressas no maços vendidos atualmente.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Manchester, o fumo aumenta as chances de desenvolvimento da Degeneração Macular Relacionada a Idade (DMRI).

Essa desordem na retina (DMRI), provoca perda irreversível da visão após os 60 anos e, segundo os pesquisadores, mais de um quarto de todos os casos da degeneração – que incluem cegueira ou debilitação da visão – estão diretamente ligados aos efeitos do cigarro.

O estudo tem o objetivo de alertar profissionais de saúde e pacientes sobre a relação direta entre o fumo e casos de cegueira. Mesmo que tardiamente, parar de fumar reduz os riscos de desenvolvimento de cegueira na velhice e auxilia na resposta aos tratamentos realizados com terapia laser.

Fonte: BBC Brasil